1.4.08

ATÉ PARECE MENTIRA

Em poucos meses de mandato efetivo como comandante do governo cubano, Raúl Castro parece querer impressionar e mostrar um país mais aberto do que na época de seu irmão Fidel.

Primeiramente, liberou a compra de eletrodomésticos e telefones celulares. Agora, permitiu que cubanos tivessem acesso livre aos hotéis do país, reservados somente a turistas estrangeiros.

Seria essa uma "chinização" de Cuba? Ou medo do que pode vir no futuro, pior do que o presente?

2 comentários:

Frodo Balseiro disse...

Só queria saber o que Fidel está achando de tudo isso! Deve estar se revirando no túmulo, dentro da geladeira!
Imagine só...forno micro ondas, DVD, celular!!!!!
Aonde Cuba vai acabar desse jeito?
Quem sabe numa democracia?
Nem pensar.....

Daniele disse...

vai saber né? o medo é saber que SEMPRE pode piorar, rsrsrs