14.6.07

'PAX PALESTINA'



Novamente cheio de acompanhar a política dessas bandas de nossa pátria mal-amada, notem que resolvi ver (meio que mal e porcamente) como está o Oriente Médio, principalmente o conflito palestino-israelense. Na verdade, muito mais palestino que israelense, mesmo porque o pessoal que não consegue cuidar nem das próprias terras e ainda quer as dos outros se engalfinha há algum tempo.

Fatah ("partido" do presidente da Autoridade Nacional Palestina, Mahmoud Abbas) e Hamas ("partido" do primeiro-ministro Ismayil Haniyeh) estão à beira da guerra civil na Cisjordânia (onde o Fatah é mais popular) e na Faixa de Gaza (onde quem manda é o Hamas). Como é próprio da quase totalidade dos países do Oriente Médio (Israel é uma honrosa exceção), as facções políticas querem exterminar todo e qualquer tipo de oposição. A crise por lá é braba e o governo foi dissolvido pelo chefe de Estado. A tendência é que cada facção "cuide" de um pedaço dos territórios palestinos.

Agora, ironizando totalmente, pergunto: os palestinos devem estar felizes com essa situação toda, né? Eles não queriam um país? Pois é: agora têm dois! A "Autoridade Nacional Palestina da Cisjordânia" para o Fatah, e o "Estado Palestino da Faixa de Gaza" para o Hamas...

Agora, falando sério: já que houve duas Alemanhas e até hoje há duas Coréias, não duvido nada que venha a haver duas Palestinas.

2 comentários:

PATRICIA M. disse...

Uahahahahahahahahahaha, adorei. Uai, nao queriam um pais? Agora toma logo 2 e cala a boca, bando de terrorista. Hahahahahaha, hilario.

Mas falando serio tambem, a situacao eh preocupante. O Hamas eh terrorista, islamista, e nao reconhece Israel. As coisas por la vao ficar mais quente do que ja estao.

Blogildo disse...

Com dois países eles não terão o que reclamar. Podem até brigar entre si.