16.11.07

"EL FANFARRÓN" ATACA NOVAMENTE



Já é a quarta mensagem seguida que escrevo sobre esse indivíduo, mas ele não deixa ninguém em paz. Agora, o presidente venezuelano Hugo Chavez anunciou que pretende que seu país tenha um programa nuclear. O mundo já viu esse filme antes...

Por mais contraditório que possa parecer, afirmo que isso é uma esperança. Digo isso porque, enfim, parece que os Estados Unidos vão tomar alguma providência se isso for levado a cabo. A maior potência militar do planeta não seria louca de deixar que um país desafeto desenvolva armas nucleares debaixo de suas barbas. Basta lembrar a crise na Baía dos Porcos, quando mísseis soviéticos quase foram instalados em território cubano.

Isso poderia ter sido feito no caso de um famoso aliado venezuelano, o Irã. Acontece que as forças armadas norte-americanas estão mais que atoladas no Iraque e ainda atuam no Afeganistão - portanto, não iriam querer abrir uma terceira frente de batalha no Oriente Médio, que já é naturalmente um barril de pólvora esperando o pavio ser aceso.

Enquanto isso, os aliados do Baath continuam soltando bobagens a torto e a direito. O PT defendeu Chavez atacando a Espanha, ligando a monarquia espanhola ao fascismo! Além de demonstrar total desconhecimento da História, o partido do governo comprova não ter qualquer noção de ridículo.

3 comentários:

PATRICIA M. disse...

Vai levar muito tempo ate que el fanfarron desenvolva qualquer coisa. O Iran eh mais urgente e mais preocupante. Fanfarron por fanfarron, Ahmadinejad ganha de longe (para voce ver, nem nisso a America Latrina eh boa).

Nao ha como mandar tropas. Eu sugiro o uso da bomba novamente.

david santos disse...

Por favor!
Ajuda a que se faça Justiça a Flávia. Se és um ser com sentimentos, ajuda!
Eu jamais invadirei teu blogue, garanto! Mas ajuda.
Repara bem: eu, tu, seja quem for, tem nosso pai, nossa mãe, nosso irmão ou irmã, ao longo de 10 anos em coma, que vida será a nossa?
Se não tivermos a solidariedade de alguém com sentimentos, que será de nós?

TEMPO SEM VENTO

Ah, maldito! Tempo,
Que me vais matando,
Com o tempo.
A mim, que não me vendi.
Se fosses como o vento,
Que vai passando,
Mas vendo,
Mostrava-te o que já vi.

Mas tu não queres ver,
Eu sei!
Contudo, vais ferindo
E remoendo,
Como quem sabe morder,
Mas ainda não acabei
Nem de ti estou fugindo,
Atrás dos que vão correndo.

Se é isso que tu queres,
Ir matando,
Escondendo e abafando,
Não fazendo como o vento:
Poder fazer e não veres
Aqueles que vais levando,
Mas a mim? Nem com o tempo!

David Santos

Daniele disse...

eu odeio esse filho da puta desse chavez! ele é a maior aberração deste século! é pior que Lula! Lula só dura até 2010