7.11.07

MAIS UMA QUE FICA NO CHÃO



A companhia aérea BRA (mais uma daquelas companhias aéreas populares de quem poucos tinham ouvido falar até hoje, apesar de ser a terceira maior do país, só atrás de Gol e TAM) anunciou a suspensão de seus vôos e a demissão de 1.100 funcionários - muitos dos quais eram antigos empregados da Varig.

É mais um (apenas mais um) capítulo da crise aérea que atinge o país há mais de um ano. Pensar que tudo começou (ao menos para os leigos e para os olhos do grande público) com uma falha que causou o acidente da Gol em setembro do ano passado. Desde então, a situação só fez piorar. E cadê o Ministério da Defesa que não toma nenhuma providência? Mudou o ministro mas não mudaram as atitudes. E quem paga o pato é a população que depende da malha aérea.

3 comentários:

PATRICIA M. disse...

Vai na n'O Expressionista e le as minhas sugestoes para o adoravel Jobim. Eu tenho a solucao para os problemas desse pais.

Ollie McGee disse...

No Brasil a única coisa que voa relativamente sem problemas é urubu. Isso, claro, se não trombarem com a turbina de um desses aviões fodidos... =)

Blogildo disse...

O raciossímio é Pobre não anda de avião, logo, por quê se preocupar!?